• Paulo Saraiva

PRÓTESE DE SILICONE



COMO ESCOLHER O TAMANHO CERTO







Para a prótese de silicone parecer natural, precisa estar adequada a altura, peso e tamanho do tórax da mulher.
A moda de seios fartos e turbinados, com grandes próteses de silicone, que dá um certo ar de vulgaridade, passou. Hoje em dia, elegância e beleza não combinam com seios gigantes, "explodindo" em decotes ousados e vulgares. Por isso, cada dia mais as mulheres tem procurado os cirurgiões plásticos para colocar próteses não tão grandes, que fiquem bonitas e harmoniosas com o resto do corpo.
Assim como na indústria da moda, os tamanhos das próteses de silicone considerados bonitos já passaram por muitas mudanças ao longo do tempo. Para se ter uma idéia, nos anos 80 as mulheres recorriam à redução drástica das mamas, já que os seios pequenos eram considerados padrão de beleza. Foi só nos anos 90 que a cirurgia de Prótese de Silicone começou a ganhar mais força. E nos anos 2000 já era mais comum encontrar próteses de 200 ml de silicone. A partir de 2010, o tamanho das próteses começou a aumentar.
Atualmente, é possível encontrar tamanhos que variam de 150 a 600 ml. Apesar da grande variedade, alguns fatores contribuem para que um tamanho seja mais adequado para cada pessoa. Cda mulher tem um biotipo diferente, e, por isso, precisa de um diagnóstico personalizado. Para não se arrepender depois, conhecer os fatores que influenciam na escolha dos tamanhos das próteses faz toda uma diferença.
Contudo, para definir qual é o tamanho ideal para cada tipo físico, é preciso uma análise profissional, pois o cirurgião já tem uma ideia do tamanho que ficará bom para a paciente, que, muitas vezes, nem imagina quando se fala em mililitros. Ele é o profissional mais indicado para definir se algum grau de flacidez pode ser corrigido apenas com o uso da prótese, ou se também se faz necessária a combinação da retirada de pele com a colocação da prótese.
A escolha da marca fabricante da prótese também é importante, já que os volumes variam entre elas. Às vezes, uma marca que tem a prótese de 260ml corresponde a 280ml de outra. Outros fatores que influenciam são o tórax estreito, se a paciente é magra ou gordinha, se já tem mama ou nenhuma, o formato original das mamas e a altura da paciente.
O estilo da vida também pode ser decisivo no momento da escolha do tamanho da prótese de silicone. Mulheres muito ativas fisicamente, que se exercitam com frequência, ou até mesmo são atletas, precisam estar cientes do impacto que uma prótese pode ter na sua rotina. Apesar de a cirurgia de aumento de seios e a prótese de silicone em si não afetarem ou impedir a realização de exercícios, mamas muito grandes podem atrapalhar na realização de atividades mais intensas.
Na primeira consulta cirurgião e paciente já definem qual o tamanho ideal da prótese. Isso desperta muitas dúvidas nas mulheres que estão insatisfeitas com seus seios. O resultado final que se deseja alcançar é o principal ponto que deve ser levado em conta no momento de escolher o tamanho da prótese de silicone. Afinal é importante se sentir realizada com o resultado.
Não existe um padrão ideal para todas as mulheres que desejam passar pela mamoplastia de aumento. Enquanto algumas desejam seios bem grandes, um colo marcado e muita sensualidade, outras mulheres optam por um resultado mais natural. Por isso, o tamanho ideal da prótese sempre será diferente de uma mulher para outra. Então, deve-se evitar fazer comparações no momento de tomar essa decisão tão importante.
A consulta com o cirurgião plástico é fundamental para se chegar no tamanho ideal dos seios. Assim, a paciente poderá apresentar para o médico os seus desejos e, juntos, escolher qual o tamanho de prótese ideal para seu corpo, proporcionando, assim, o resultado desejado.
De forma geral, é possível dizer que próteses muito grandes não são indicadas para mulheres muito baixas. Justamente porque dão a impressão de a pessoa estar acima do peso. Ainda assim, as mulheres muito altas só podem usar próteses grandes se tiverem pele suficiente. Por isso, a escolha envolve diversos fatores que vão muito além da simples avaliação da altura da paciente.
Uma prótese do tamanho acima do indicado em uma mulher pode causar diversos transtornos, como dores nas costas e até mesmo levar ao surgimento de setrias, nos casos em que não haja pele o suficiente, levando a um resultado pouco agradável.
O cirurgião plástico, durante a consulta, vai querer saber os motivos que levaram a paciente a querer colocar a prótese nas mamas e qual o resultado que ela gostaria de obter. Com essas informações, ele também vai avaliar o biotipo da pessoa, para indicar os tamanhos mais adequados. Como a paciente muitas vezes não tem idéia de volume, o cirurgião a orientará na escolha.
Na consulta são avaliados:
- As medidas do tórax, altura e largura
- O volume e o formato dos seios naturais.
-A qualidade e quantidade de pele
- O estilo de vida da paciente.
Vale dizer que, apesar da indicação do cirurgião, deve-se considerar algumas coisas antes de se tomar a decisão. É bom pensar que ainda até alguns anos depois ainda vai gostar do visual que está se buscando no momento. Considerar ter filhos ou praticar esportes no futuro também devem estar entre as ponderações. Deve-se tentar passar por cima dos modismos e da comparação com outras mulheres que colocaram prótese. Nem sempre o que ficou bonito em umaa pessoa ficará bom em outra.
Passar por uma cirurgia plástica é uma escolha que vai muito além da aparência, e, tampouco, é uma decisão superficial. Afinal, quando não se sente bem consigo mesma, toda a vida é afetada. Por isso, independentemente do seu motivo, o sonho deve ser realizado.
68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo