• Paulo Saraiva

CONSULTA PRÉ-OPERATÓRIA

SAIBA A IMPORTÂNCIA DOS CUIDADOS ANTES E DEPOIS DA CIRURGIA


A consulta pré-operatória é uma das etapas mais importantes para quem deseja realizar uma cirurgia plástica. Esse é o momento mais apropriado para esclarecer todas as dúvidas e alinhar as expectativas com o cirurgião. A recomendação é que o paciente anote em uma lista ou no celular, para não se esquecer na conversa com o médico.


Qualquer procedimento cirúrgico envolve preocupações, receio e ansiedade. Por isso, tornar esse momento menos estressante e mais seguro é muito benéfico. Nesse sentido, a relação entre o médico e o paciente deve ser de extrema confiança e sinceridade, com a participação ativa de ambos os lados em deixar todas as informações e mais claras possível.


Para se obter sucesso em uma cirurgia plástica é fundamental, além da escolha de um profissional de sua confiança, respeitar as orientações médicas durante o período pós-operatório.


Para resultados impecáveis, a fase de recuperação do corpo é tão importante quanto o próprio procedimento. Por isso, mesmo que o paciente já se sinta bem disposto e apto a realizar algumas atividades é de extrema importância que ele respeite o tempo de repouso indicado pelo médico.


Qualquer cirurgia causa danos e estresse ao corpo, provocando o enfraquecimento do sistema imunológico, redobrando o trabalho da circulação sanguínea e aumentando o consumo de energia para a cicatrização e eliminação de líquidos. Devido à série de alterações que ocorrem nos primeiros dias do pós-operatório, o indicado, de maneira geral, é que o paciente faça repouso, beba bastante líquido, tenha uma boa alimentação e evite a exposição ao sol. Além disso, após os três meses de uso de fita adesiva nas cicatrizes, é recomentado o uso de cremes para amenizar as marcas das cirurgias.


Alguns tratamentos também são benéficos e auxiliam na recuperação do corpo durante o pós-operatório, como a drenagem linfática, procedimento que ajuda a eliminar líquidos retidos, inchaço e evita o aparecimento de fibroses.


É importante salientar que, além dos cuidados gerais, existem orientações específicas para cada procedimento, de acordo com as necessidades de cada intervenção cirúrgica.


Em suma, os pacientes que seguem à risca as orientações do cirurgião e que se cuidam no pós-operatório, tem menores chances de apresentar queloide, infecções, má cicatrização da pele, entre outras complicações.


Por isso, siga todas as instruções de seu cirurgião e não desconfie da sabedoria e experiência do seu médico.

288 visualizações0 comentário