• Paulo Saraiva

APRENDA A COMER MELHOR

Atualizado: 24 de Abr de 2019






Viver melhor é possível, basta uma reviravolta nos hábitos alimentares. O segredo é disciplinar o corpo à uma alimentação farta, em termos de variedade. Ingerir todas as vitaminas, sais minerais e fibras, necessárias ao bom funcionamento do organismo pode reduzir os riscos de hipertensão, diabetes, doenças cardíacas, arteriosclerose e certos tipos de câncer.
É fundamental diversificar a alimentação com o consumo de vegetais ( verduras e legumes ), frutas, grãos integrais, cereais, carnes,determinados tipos de gordura. Esses alimentos são verdadeira fonte de nutrientes. Em termos proteicos, é possível substituir a carne por leite, ovos e combinações de cereais e leguminosas ( feijão, soja, grão de bico e lentilha ). Mas o teor de ferro desses alimentos é baixo, além da pouca disponibilidade ( aproveitamento dos nutrientes pelo organismo).
Para quem não come carne, é fundamental, também, ingerir alimentos ricos em Vitamina C ( que dobra a absorção de ferro das fontes de vegetais), além de suplementos de Vitamina B12, só encontrada na carne.
O equilíbrio na ingestão de alimentos é essencial. O consumo exagerado de proteína animal, por exemplo, pode provocar doenças cardíacas e favorecer o raquitismo em crianças e a osteoporose em adultos. o cálcio ajuda a prevenir a osteoporose ( enfraquecimento dos ossos ) e a hipertensão, mas os predispostos a formar cálculos renais devem evitar o consumo em excesso.
Como não se sabe o limite seguro de uma dose exagerada de vitaminas, é aconselhável não recorrer a suplementos. Somente em casos comprovados através de exames.
Consumir carbohidratos complexos ( alguns tipos de açúcar ) também é importante.Eles podem ser encontrados nos vegetais, fontes de alguns minerais, vitaminas e fibras dietéticas. As fibras proporcionam bom funcionamento intestinal.
Dietas ricas em gordura, nem pensar. Elas aumentam o risco de doenças cardiovasculares e contribuem para o desenvolvimento do câncer de cólon, próstata e mama. Além, é claro, de atrapalharem a silhueta com os quilos a mais.
Os mandamentos para uma alimentação ideal:
* Distribuir os alimentos em seis refeições ao longo do dia
* Incluir na alimentação peixes, aves sem pele, carnes magras, leite desnatado ou semi, mais legumes, vegetais folhosos, leguminosas, frutas e cereais.
* Moderar a ingestão de óleos, gorduras, frituras e outros alimentos gordurosos.
* Consumir níveis moderados de proteínas
* Manter o peso adequado à sua altura e idade. Equilibrar a ingestão de alimentos com atividade física
* Não abusar do álcool.
* Consumir no máximo seis gramas de sal por dia, incluindo todas as refeições.
* Manter a ingestão adequada de cálcio
* Evitar suplementos de vitaminas e minerais, pois contribuem para exceder as doses diárias recomendadas. O excesso é tão danoso quanto a carência.
* Manter a ingestão adequada de flúor, em especial nas fases pré-escolar e escolar e as gestantes e lactentes.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo